December 12, 2017

Agende Sua Consulta: (15) 98119.7327 | Sorocaba - SP

Minha menina

Minha menina

Nivia Lopes

Hoje eu acordei com saudade…

saudade de uma parte de mim

Que não sei aonde deixei…

Saudade da menina do sorriso sem fim

Que morava em algum lugar aqui dentro

Me pergunto…onde ela estará?

Talvez eu a tenha perdido em algum lugar.

Talvez ela tenha ido embora num vento

Ou quem sabe esteja debaixo da cama,

Procurando só um acalento

Ah…ela pode estar simplesmente vivendo esse momento

A menina que gargalhava piscando o olhar,

Aquela, que não tinha medo de amar

Nem de se entregar

Que sabia que quando a vida insiste num ponto final

É porque está te dando oportunidade de recomeçar.

Senti muita saudade da menina moleca

Que quando o mundo dizia não

Fazia cara de sapeca

Sabendo construir um sim e recomeçar do chão

Olhei bem dentro da alma

E descobri que ela está aqui, guardadinha

Só esperando que eu chame

Para vir toda doidinha

Cheia de amor,

Cheia de cor

Cheia de vida

Cheia de sabor!

Venha moleca, sapeca!

Que faz parte de mim

Preciso de você aqui, em plena atividade!

Pra ensinar de novo

a viver a minha felicidade

chega, fica e sacia

Essa minha sede de viver poesia!

_________________________________________________________________________________

Nivia Lopes

Créditos da foto: Willian de Oliveira

Sobre o(a) Autor(a)

Psicanálise e Amor

Quer ser um colunista deste site?
Entre em contato.
Contato: caroline@psicanaliseeamor.com.br

Artigos Relacionados

Deixar um Comentário/Resposta