January 16, 2018

Agende Sua Consulta: (15) 98119.7327 | Sorocaba - SP

Em contínua transformação

Em contínua transformação:

A mudança intrínseca ao sujeito.

Luanna Lustosa

A mudança vem de dentro para fora. O que vemos exteriormente e acreditamos ser a grande mudança é apenas a consequência da transformação interior do sujeito.

A tal almejada transformação depende do sujeito, se ele a deseja. Desejar conhecer a si próprio já é um passo para a nossa transformação. Não digo que é fácil, pois não é, mas é de extrema importância para o desenvolvimento da pessoa, já que muito se aprende no processo de mudança/transformação.

É importante ressaltar que esse percurso acontece diariamente se assim o sujeito desejar. Em cada atitude, em cada palavra proferida, em cada silêncio mantido, podemos experimentar a mudança, se assim querermos. A mudança que falo não é, necessariamente, a externa, aquela que é definida pela roupa, sapatos ou estilo que usamos, essa aí é muito pequena diante da transformação a qual me refiro. Falo da mudança de dentro para fora, aquela interna ao sujeito, que pertence primeiramente a ele e o outro, com toda a sua importância para nossa constituição, estará a contribuir sim e também a vislumbrar e algumas vezes, a parabenizar por feliz aquisição nossa. E mais, ela acontece através de pequenos gestos que apesar de pequenos são grandiosos para nosso desenvolvimento.

A borboleta antes de tornar-se uma bela borboleta é uma simples lagarta e somente após chegar o tempo do ciclo, ela transforma-se, assim somos nós, com uma diferença, temos a oportunidade de transformarmos dia após dia e isso depende de nós, também de quem nos cerca pois, é de extrema importância a presença do outro que nos acolhe, nos incentiva a seguir em frente e enfrentar, mas a dose maior de incentivo precisa partir de nós, de dentro para fora. A análise nos provoca a isso. Ela nos desperta a seguirmos em busca da compreensão de nós mesmo e posteriormente, da nossa mudança interior. As vezes o outro nos julga, dizendo o que para ele é certo, mas não necessariamente é para nós, por isso a busca cada vez maior pelos consultórios de psicanálise, psicologia, ou seja, poder falar sobre os seus desejos, as suas escolhas sem ser julgados e sim, acolhidos. Se será a escolha correta ou errada, caberá ao sujeito durante o seu percurso descobrir não o que está errado ou correto, mas muito mais do que isso, descobrir o que acredita ser melhor para si mesmo. Lembrem-se, certo ou errado é um ponto de vista, o que eu acredito ser errado para mim, pode ser com toda certeza correto para você e vice-versa.

O protagonista da sua história é você – És a contribuição da análise na vida do sujeito, ou seja, agenciar a pessoa que a busca se descobrir e realizar as escolhas que deseja, sabendo ao final que tudo haverá consequências, mas também terá a certeza que por ser sujeito de si, poderá seguir em frente e mudar, transformar, recomeçar se assim desejar.

Outro fator que possibilita que o sujeito busque ajuda com um psicanalista ou psicólogo é a sua dificuldade em mudar apesar do desejo está manifesto. Se sinto vontade em transformar-me por que não faço? As vezes há algo internamente que nos impede a chegar ao ápice da mudança que tanto almejamos e sobre esse ‘algo’ é preciso descobrir, desvela-lo para continuarmos em frente com nossa escolha em mudar. Por isso, a análise ocasiona isto: Provocar no sujeito o conhecimento a si próprio para a posteriori ele chegar ao grande desfecho que é a transformação.

Não precisa de agilidade para transformar-se, precisa querer e se preciso for buscar ajuda. Não se trata de um tempo cronológico e sim de um tempo marcado pela atemporalidade definido como o tempo emocional, psíquico, do tempo do inconsciente.

Caminha!

Texto enviado pela autora no dia 19/12/17

Luanna Katarine Soares da Cruz Lustosa– Psicóloga – Psicanálise  CRP – 17/2356-  psicóloga desde 2013 e especialista em Avaliação Psicológica. Atua na clínica seguindo a abordagem psicanalítica. Reside em Ceará-Mirim/RN, onde possui o seu consultório na Clínica Santa Gema.

Redes sociais:  Facebook: Luanna Lustosa

Página profissional do facebook: Psicóloga Luanna Lustosa

Instagram profissional: @luannalustosapsicologia

Sobre o(a) Autor(a)

Psicanálise e Amor

Quer ser um colunista deste site?
Entre em contato.
Contato: caroline@psicanaliseeamor.com.br

Artigos Relacionados

Deixar um Comentário/Resposta