December 12, 2017

Agende Sua Consulta: (15) 98119.7327 | Sorocaba - SP

Carrega consigo uma maleta

Photo Credit To www.kairosministeriomissionario.com

Poesia escrita por Francisco  Monteiro Junqueira

 

Carrega consigo uma maleta.

Não precisa carregar consigo uma maleta,

para carregar consigo uma maleta.

A maleta carrega com ela alguns discos de vinil,

outras fotografias que ninguém viu,

senhas da sua-poesia, dilemas reais de sua vida vil.

Nenhuma biografia era mais pesada

que a maleta que carrega consigo pela estrada.

Consigo carrega a maleta que ninguém quer:

é presente de grego; e agora, Francisco José?

O vento passou, seu mundo lhe esmoreceu;

Os corvos de Odin tocaram a aldrava,

no frio de dentro da taverna que anunciava:

E agora, Francisco José?

Está no mar, sem navio a navegar;

Está no porto; sem cais para atracar.

Acusado pelas mãos

que não deviam ousar apontar-lhe;

Nos escombros subterrâneos do sentir,

os estrondos dos conterrâneos a mentir.

E eles passam e se arrastam em seus grilhões,

como já se não pesassem.

E agora, Francisco José?

 

___________________________________________

Poesia escrita por Francisco  Monteiro Junqueira  e enviada diretamente para Psicanálise e Amor: uma transmissão em 14/04/2016

Contato com o Autor:

 Link da sua página no Facebook, só clicar no nome em destaque:  Francisco Monteiro Junqueira

 

Sobre o(a) Autor(a)

Psicanálise e Amor

Quer ser um colunista deste site?
Entre em contato.
Contato: caroline@psicanaliseeamor.com.br

Artigos Relacionados

Deixar um Comentário/Resposta